Category: Uncategorized

Narcos, Andrés Baiz, Fernando Coimbra, Guillermo Navarro, José Padilha (2015)

narcos-season-2-release-date-alternatives-alternative-delayed-next-year-9-watch.png

A série introduz o estilo de “realismo mágico”, associado a alguns autores colombianos para descrever algo demasiado estranho para ser verdade.

Assim é toda a vida de Pablo Escobar, retratada nesta série desde o primeiro camião com cocaína nos pneus, até ao seu império bilionário com milhares e milhares de dólares enterrados por todo o país. O que foi feito para o conseguir é demasiado surreal para ser verdade, mas assim foi.

OMG Uma Lista!

Ah ah, pois. Passaram-se anos sem eu fazer uma lista (não encontro a minha última, que terminou em 2010), mas no início deste mês de janeiro senti um chamamento. Serão os 30? Não sei, a verdade é que é uma lista modesta e humilde, que está mais preocupada com a minha saúde do que com grandes feitos e viagens. Aqui vão alguns itens. Outros são mais ou menos secretos.

Aprender a tocar acordeão diatónico
Fazer fisioterapia
Começar um desporto novo (yoga ou pilates)
Começar preparação de viagem à Arménia e Geórgia
Andar frequentemente de bicicleta
Fazer um podcast
Ler o Guerra e Paz
Ler Song of Myself do Walt Whitman
Passar som num bar com o Luís
Dançar a Valsa do Gelo com o Luís
Comer no mínimo três peças de fruta por dia
Terminar de ler o Game of Thrones
Aprender a assobiar com os dedos
Organizar um baile em Braga
Escrever três artigos
Visitar uma cidade nova em família
Descobrir a minha especialidade na cozinha
Fazer dois estudos experimentais para o PhD
Ler e devolver todos os livros emprestados
Ilustrar as minhas letras de música preferidas
Conduzir
Trocar de óculos
Piercing

 

Já comecei a riscar alguns itens. Devo dizer que ter começado a utilizar o Passion Planner me anda a ajudar bastante a não esquecer nada.

E, para quem não sabe, tenho este outro tasco, e neste tasco proponho-me a outros vôos.

soviet-space-program-propaganda-poster-17

(Propaganda ao programa espacial russo, mas pareceu-me uma imagem cheia de força e esperança no futuro. Apropriado.)

 

Band of Brothers, Stephen E. Ambrose (1992)

41rpzcammhl

Depois de ver a série, surgiu a oportunidade de ler o livro. Foi uma boa leitura, transparece o companheirismo entre os homens, a irmandade criada, a admiração do autor. No entanto, não sei se a leitura seria a mesma não tivesse já visto a adaptação feita na série, conseguindo associar os momentos descritos a caras, a cenas. A escrita é histórica, muito factual, com alguma emoção mas não tanto como seria de esperar. Por vezes eram incluídos diários de soldados e aí sim, a leitura aligeirava e era mais familiar. Adorava as entradas do Webster. Agora tenho livros sobre o Pacific Theatre para pôr em dia.