Waste Mandala, Alessandro Bernard (2015)

536779483_1280x720

Não fazia ideia do grande problema de poluição que afeta o Nepal atualmente. Com o crescimento do turismo por volta dos anos 60-70, os comportamentos ocidentais chegaram até ao país, e com eles, o plástico. Em pleno 2015 o Nepal não tem uma cultura de recolha e tratamento de lixo, os locais sagrados, património da humanidade estão repletos de lixo. Katmandu, uma cidade de 5 milhões, não tem uma lixeira – tudo é uma lixeira a céu aberto, seja no rio onde deitam as cinzas dos mortos, seja na rua.

O documentário retrata a luta de um pequeno grupo de voluntários, chamados Soldados Verdes, que todos os sábados limpavam o mesmo monte, e todos os sábados o monte aparecia de novo sujo. As estratégias que utilizaram para mudar comportamentos e educar pela ação foram muito simples e muito conscientes culturalmente. No arranque do ano 2015, o governo Nepalês proibiu a distribuição de sacos de plástico no Vale de Katmandu, o que eles consideraram uma grande vitória. Após a filmagem do documentário, o terramoto de Abril 2015 abalou o Nepal, e agora os Soldados Verdes ajudam também na reconstrução do seu país.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s