Girls don’t fly, Monika Grassl (2016)

girls_don_t_fly.jpg

Este documentário começa por dar a ideia de algo que pode ser um excelente exemplo de empoderamento das meninas no Gana. No entanto, rapidamente nos apercebemos de um esquema muito bem montado por um homem branco. O clássico colonialista ensina as meninas negras ( e procura financiamento). A realizadora não sabia que isto ia acontecer assim, mas deixou fluir, deixaram-na acompanhar, e o resultado é muito bom.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s