Fim-de-semana no Porto: Um roteiro

Face a frequentes lamúrias sobre não ir ao Porto com a frequência que gostava e este merecia, um fim de semana na Invicta calou-me.

E principalmente porque o passei sempre a comer, e a comer bem!

Porque o fim-de-semana foi tão relaxante e bem sugerido, aqui fica um possível roteiro para dias de muita chuva como estes últimos.

DSC_1558

Almada Guesthouse

Hoje de manhã apetecia-me ficar na cama para sempre. Explica? A casa foi recuperada da melhor forma, mantendo os traços originais tanto na arquitetura como na decoração interior. O atendimento é muito atencioso e a localização não podia ser melhor.

Rua do Almada 353

Bolhão

Ora, porque num?

Figas para que a recuperação seja feita em função do mercado, e não em função de desaires posh. O Mercado Ferreira Borges está muito bonito, mas nunca seriam precisos dois sítios assim no Porto.

Rua de Fernandes Tomás. Fechado ao Domingo

Mercado

O restaurante “O Mercado” no Mercado Ferreira Borges tem pizzas deliciosas. O espaço é muito agradável – viva as paletes! – e, claro, arejado. Alerta: Têm a pizza portuense, com os ingredientes de uma francesinha. Pedi algo mais simples. Sou adepta das pizzas minimais.

O MERCADO – Cervejaria do Porto
Praça Infante D. Henrique – Hard Club
Ter-Dom 10:00-3:00

Candelabro

Entre a Rua do Almada e a Miguel Bombarda caiu uma senhora chuva. Tínhamos decidido que íamos andar sem guarda chuva, e sempre que se tornasse insuportável entraríamos num café. E assim foi, o Candelabro sendo o primeiro spot para aguardar a passagem das nuvens. Um ginger ale com luz de altas janelas, música “geracional” e decoração em jeito de livraria e aficção cinéfila. Muito convidativo.

Café Candelabro
Rua da Conceição, 3 – Porto
Seg-Sáb, 13h-2h (encerra Dom.)

Ovelha Negra

Na mesma rua abrigamo-nos frente à loja de lãs Ovelha Negra. Em pleno workshop de meias, toquei algumas lãs que só via no blog.

Ovelha Negra
Rua da Conceição, 100 

Casa de Ló

A chuva continuava, sem parar. Abrigamo-nos na Casa de Ló, também ela quente e com boa música, a pedir um chá.

Casa de Ló
Travessa de Cedofeita 20 A
Segunda a sábado, 10h-2h 

Ó Galeria

Calhou-nos o sábado de inaugurações simultâneas na Miguel Bombarda mas…estava sempre a chover! Abrigamo-nos na galeria que acompanho e com trabalhos que adoro. Gosto mesmo da “cena” da ilustração portuguesa. Muito talento no quadradinho 61.

Rua Miguel Bombarda, 6. Seg- Sab: 12:00 – 20:00

Café Vitória

O lanche foi feito ao som de Norberto Lobo a acompanhar torradas em pão alentejano. Já tinha vontade de conhecer este café, e depois de lá estar, percebe-se que é daqueles sítios onde, se existissem na tua cidade, combinarias tudo e mais alguma coisa.

Café Vitória
Rua José Falcão, 156
Seg, Qua, Qui: 12PM-12AM, Sex: 12PM-2AM, Sáb: 2PM-2AM, Dom:2PM-12AM (fecha Ter)

Rua

Como a fome não era muito o jantar foi de tapas. Batatas bravas, tiras de frango em amêndoa em molho agridoce e um prego (sim!) fizeram-me sentir saudades de Granada, onde o prazer de jantar está na surpresa que acompanha a tua caña….

RUA Bar/Restaurante de tapas
Travessa de Cedofeita, 24 
Ter-Dom 18:00-2:00 (Qui-Sáb até 4:00)

Torre dos Clérigos

No dia seguinte, já frescos e felizes com o sol de inverno, subimos a Torre dos Clérigos. Por 2€ e o esforço que se era de esperar, tanto para subir como para conseguir um espacinho entre fotógrafos paisagísticos, lá conseguimos ver o bonito Porto, de sol a bater no Douro.

Leitaria da Quinta do Paço

Bons eclairs, e eu não aprecio muito!

Leitaria da Quinta do Paço
Praça Guilherme Gomes Fernandes, 49

Miss’ Opo

Pára tudo. O espaço faz lembrar o Pois… em Lisboa. Música super agradável, livros, naperons e os serviços de chá das nossas avós.

Aos domingos servem brunch entre as 12h00 e as 16h00 e têm dois tipos de brunch: Um que não me lembro do nome porque não interessa e o Baguete. Nhom nhom nhom. Os croissants são deliciosos, talvez os melhores que já comi! Com doce de tomate ou geleia, seguidos de um english breakfast rematado com uma fatia de bolo fubá e uma sangria de frutos vermelhos. O fim perfeito para uma visita muito feliz a uma cidade tão próxima.

Miss’Opo
Café-bar: Rua dos Caldeireiros, 100
Seg-Dom 16:00-00:00

Haveremos de voltar, you betcha!

Braga, por favor, o caminho a seguir é aquele!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s